quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

...

"No ano novo, quero me encantar mais vezes. 
Admirar mais vezes. 
Compartilhar mais amor. 
Dançar com a vida com mais leveza, sem medo de pisarmos nos pés uma da outra. 
Quero fazer o meu coração arrepiar mais frequentemente de ternura diante de cada beleza revista ou inaugurada. 
Quero sair por aí de mãos dadas com a criança que me habita, sem tanta pressa. 
Brincar com ela mais amiúde. 
Fazer arte. 
Aprender com Deus a desenhar coisas bonitas no mundo. 
Colorir a minha vida com os tons mais contentes da minha caixa de lápis de cor. 
Devolver um brilho maior aos olhos, aos dias, aos sonhos, mesmo àqueles muito antigos, que, apesar do tempo, souberam conservar o seu viço. 
Quero sintonizar a minha frequência com a música da delicadeza. 
Do entusiasmo. 
Da fé. 
Da generosidade. 
Das trocas afetivas. 
Das alegrias que começam a florir dentro da gente".

Ana Jácomo

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Simply The Best ♥


Então é hoje... Dia da Dra. mais amada do planeta! 
"Simply the best", da Tina deveria ser sua trilha sonora.
Mestre na arte de alegrar os corações. 
Minha melhor amiga, minha "razão", meu ombro, meu eterno presente. 

Dada amada, não preciso nem dizer o quanto és especial e importante em minha vida, né? 
No quanto tua amizade e carinho me enchem de felicidade e amor. 
Amor de alma, da irmã que a vida me abrilhantou anos atrás. 
Parceira de cantorias de videokê, de viagens ao RJ com muita história engraçada pra recordar. 

Cúmplice na sintonia dos carinhos, da entrega, do cuidado. Imagina se a "manteiga" aqui não ia chorar ao te ligar, né? rsrs 
Meu "fiozinho desencapado" mais lindo, mais intenso e mais generoso, de quem sinto uma imensa falta. Meu orgulho de amiga, de profissional. 
"Cabeção" master quando o assunto é odontologia. Meu exemplo de pessoa humana, de caráter, de competência e determinação. 

É um "Ás" em tudo que faz, porque se dedica, se compromete, se entrega. Um "Ás de copas", do sorriso que abraça a gente por inteiro, que acolhe e afaga. 
Não é à toa que é a melhor amiga dos seus amigos. 

Meu tesouro, aproveite teu dia. 
Que ele seja tão maravilhoso e delicado quanto tua presença na vida dos que te cercam. 
Que os anjos sempre te guiem e protejam. 
És para sempre meu "Porto seguro", "Meus pés no chão"... e vamos tratar de criar vergonha na cara e nos vermos muito mais em 2016, hein?


Felicidades, minha linda!
"Carpe Diem" ;-) 
Amo-te absurdamente! (Até quando não percebo rsrs)




quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Sobre a coragem

Coragem não é ser forte,veja bem. Coragem é uma forma de desprender o sonho da vida. Não deixa de ser uma estratégia para andar com mais leveza. Equilibrio. Dia por dia, ano por ano, a gente cai e levanta, limpa a poeira da roupa, limpa o choro do rosto. Solta o coração na rua e prende o suspiro no peito. Vai apurando a fé pra tornar-se uma pessoa mais generosa consigo mesma. Toda queda ou salto vale como experiência pra grande oportunidade de estarmos aqui. Tempo é ouro, aprendi, não dá pra desperdiçar assim, de qualquer jeito.

Coragem no final das contas é envolver-se. ‘Coragem às vezes é desapego’.

Coragem é olhar pro espeho no fim do dia e perguntar: – Será que a gente tomou a decisão certa?
E a resposta vir com o um sorriso, da mesma pessoa, essa de frente pro espelho. E lembrar-se do momento que espantou o tédio com um sorriso e desculpou-se com um abraço. Que disse coisas interessantes com o olhar, porque aprendeu que silêncios falam mais alto. Que chegou em um lugar que sempre foi o ‘lá’ que queria estar, e gostar muito disso. Responder que foi um dia rico, que você tornou-se uma pessoa mais rica, mais rica de amor. Tenha coragem de se olhar no espelho e conseguir agradecer pelo que vê. Todo dia.

Vanessa Leonardi

*em itálico e grifado, frase de Ana Jácomo

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Tudo numa coisa só


Já escrevi sobre a magia e todo encantamento que transborda em nossa alma a cada show deles. Em como nos sentimos mais leves e cheios de luz e, porque não dizer, de sorrisos ainda mais bonitos, contagiando toda nossa essência. No quanto é hipnotizante esta sintonia de sentimentos por todos que se dispõe a participar deste lindo espetáculo de música, arte e poesia. 

Uns vão pintados, outros tantos vestem uma camisa da trupe, como forma de homenagem. 
Este ano, resolvi participar de um grupo no whats, chamado “Gaúchos Raros” e, para minha surpresa e encantamento maior, tudo gente boa e apaixonada igualmente pelo OTM. 

E sabe no que resultou esta “junção” tão especial? Uma galera linda, se encontrando pela primeira vez no Opinião. Assim mesmo, na cara e na coragem. Na ousadia boa de mostrar, de dar a cara à tapa. Na inocência de um bando de “raros” que curtem letras que carregam muito sentimento exposto. Todos na mesma batida, na sintonia de se deixar levar pelo magnetismo e leveza de uma entrega que toma conta de cada um de nós. 
E acho que é bem essa a palavra que define toda essa sutil embriaguez que nos encharca a alma de repente: ENTREGA.

Feito carinho, sensação de aconchego, de abraço de amigo ou a doçura de um colo de mãe. 
E que de tão doce esse colo, nos permite sonhar, e acreditar, entre suspiros que alimentam nossas fadas e gnomos, num mundo melhor. Entre as palavras e melodias que matam a fome de ternura do nosso coração, vamos nos levando num mundo à parte. Um mundo só nosso, onde a inveja, intolerância e todos outros males não tem permissão de entrar. 
Só há espaço para o amor, a paz e a alegria envolvidas na música suave e cativante desta trupe mágica. Por um mundo com mais bandas com todo esse carisma envolvente, com essa troca e entrega com o público. Com a simplicidade e sintonia que cativam. A sinergia que se entrelaça.

Anitelli e seu Teatro Mágico nos transportam a uma forma mais amorosa com nós mesmos e com os outros. Tudo numa coisa só, como a própria turnê deles se apresenta neste ano de 2015, onde completam 12 anos de estrada. Saímos do show inebriados de amor e com o aprendizado de buscar nossa afetividade no presente, no hoje, no agora. E entendemos que a vida pode sim ser bem mais leve e com muito mais significado para o nosso coração.



*** Créditos da belíssima imagem acima (Ana e o Mar) ao "Raro" Alexandre Paim ;-)

Penetração do poema das sete faces

(A Carlos Drumond de Andrade) Ele entrou em mim sem cerimônias Meu amigo seu poema em mim se estabeleceu Na primeira fala eu já falava como ...